Acredite nos que buscam a verdade... Duvide dos que encontraram! (A.Gide)

31 agosto 2009

O cidadão com desejo de participar na História

Meus caros, vai aí uma rápida alegoria que surgiu quando tentava escrever sobre um certo momento da minha vida:

 
O cidadão com vontade de participar na História
 

Um homem caminha até uma multidão e aí declara alegremente, em voz alta:

 

- Olá, estou aqui pra participar da história!

 

Quase ninguém parece ouvir, e os pouco que ouvem apenas olham com um sorrisinho irônico. Mas o homem insiste:

 

- Estou aqui pra participar da história! - e finalmente um passante olha com alguma simpatia e responde:

 

 - Olha aqui, meu: aqui a história é a seguinte: tá todo mundo correndo mais do que pode pra ver se garante não muito menos do que precisa.

 

O homem pensa: "Esse aí tem razão: participar da história é participar do que ocorre aqui!  Mas... o que eu vejo aqui é uma massa compacta! Em movimento interno, todos trocando de lugar, mas compacta... Vou perguntar ao meu amigo por onde é que eu entro.

 

-Amigo, você pode me dizer...  (Hã?... Ué, ele estava ali agora mesmo... )

 

Perplexo, termina por gritar:

 

- Alguém pode me dizer por onde é que eu entro?

 

A resposta vem anônima:

 

- Quer tapete vermelho também?

 

De repente um esbarrão, e o nosso homem se vê dentro da massa humana. Tenta se deslocar, mas a massa é compacta... Cede uns centímetros aqui e ali, mas raramente onde se quer, e o homem se vê indo pela mera pressão da multidão, quase sem escolha, e no sufoco também já nem sabe mais pra que lado queria ir... Pensa "acho que eu não estava preparado bem pra isso!", e grita:

 

- Alguém pode me dizer como é que eu saio?!

 

Só para ouvir nem sabe de que lado:

 

- Se descobrir me conte.

 

Pronto, nosso cidadão tinha conseguido: estava em São Paulo participando da história!

 
.........................................................
Ralf Rickli • arte em idéias, palavras & educação
http://ralf.r.tropis.org • (11) 8552-4506

Nenhum comentário:

Postar um comentário