Acredite nos que buscam a verdade... Duvide dos que encontraram! (A.Gide)

28 junho 2009

Michael Jackson sobre CRIANÇAS, CRIATIVIDADE e A CURA DO MUNDO - seu legado maior?

No que distribuí, ontem, minha participação na enxurrada mundial de reflexões sobre Michael Jackson, recebi da amiga Lolita Sala a transcrição de algumas palavras do próprio, as quais já no primeiro relance me pareceram mais relevantes que tudo o que eu já possa ter visto dele ou sobre ele.

Talvez o maior legado de toda a sua vida, para quem já entendeu que revolucionar nosso entendimento das crianças e nosso trato com elas é a primeira e mais decisiva de todas as condições para qualquer transformação da sociedade humana na direção do justo, do bom e do feliz.

Estas são 61% das palavras ditas por Michael Jackson ao receber o prêmio Grammy em 1993:


... É bom ser lembrado como uma pessoa, não uma personalidade. Como eu não leio tudo o que escrevem sobre mim, eu não tinha me dado conta de que o mundo me achava tão esquisito e bizarro. Mas se você cresce como eu cresci, na frente de cem milhões de pessoas desde os cinco anos, você é automaticamente diferente. ( ... )

  

Minha infância foi tirada de mim por inteiro. Não havia Natal, não havia aniversários, não foi uma infância normal nem teve as alegrias de infância normais. Essas foram trocadas por trabalho duro, luta e dor - e mais tarde por sucesso material e profissional. Mas, como um preço terrível, eu não tenho como re-criar aquela parte da minha vida.

  

Hoje, apesar de tudo, eu me sinto como um instrumento da natureza quando eu crio a minha música. Fico pensando em que deleite a natureza deve sentir quando abrimos nossos corações e expressamos os talentos que Deus nos deu. Um som de aprovação rola através do universo, e o mundo inteiro se enche de magia. Maravilhamento preenche os nossos corações, pois tivemos um relance, por um instante, da ludicidade da vida.

  

E é por isso que eu gosto tanto de crianças e aprendo tanto de estar perto delas. Eu percebo que muitos dos problemas do nosso mundo, hoje - da criminalidade urbana às guerras de grande escala e ao terrorismo, e às nossas prisões superlotadas - resultam do fato de crianças terem tido suas infâncias roubadas.

  

A magia, o encantamento, o mistério e a inocência de um coração de criança são as sementes da criatividade que irá curar o mundo. Eu realmente acredito nisso. O que nós precisamos aprender das crianças não é infantil. Estar com crianças nos conecta com a sabedoria mais profunda da vida, sabedoria que é onipresente e pede apenas para ser vivida. As crianças conhecem as soluções jazem dentro dos nossos corações, esperando para serem reconhecidas.

  

Hoje eu quero agradecer a todas as crianças do mundo, inclusive as que estão em estado de doença e de carência; o quanto a dor de vocês me toca!  [Seguem-se os agradecimentos convencionais no recebimento de um prêmio]

 

QUEM TEM O PODER DE MUDAR O MUNDO? 
SÓ VOCÊ,
PAI ou MÃE! 

Se você tem interesse em participar dos nossos encontros de informação e pesquisa,
mande um e-mail clicando AQUI e mandaremos mais informações

Obs.:
(1) estamos falando de alguns encontros presenciais na região do Terminal João Dias, Zona Sul de São Paulo
(2) esta fase NÃO é aberta a pessoas com formação na área da infância em educação, psicologia ou saúde

.........................................................
Ralf Rickli • arte em idéias, palavras & educação
http://ralf.r.tropis.org • (11) 8552-4506


A fala original completa vai reproduzida abaixo, destacados em negrito os trechos traduzidos. A cena se encontra disponível em vídeo em http://www.youtube.com/watch?v=inkwaD2riak&feature=related 
 
I love you too, thank you.... I hope this puts to rest, I hope this finally puts to rest another rumor that has been in the press for too many years: Me and Janet really are two different people..... [Audience laughs.] ....In the past month, I've gone from "where is he?" to "Here he is again," but I must confess, it feels good to be thought of as a person, not as a personality. Because I don't read all the things written about me, I wasn't aware that the world thought I was so weird and bizarre. But when you grow up as I did, in front of one hundred million people since the age of five, you're automatically different. The last few weeks, I have been cleansing myself and it's been a rebirth for myself. It's like a cleansing spirit. [To the screeming crowd]: I love you too. / My childhood was completely taken away from me. There was no Christmas, there were no birthdays, it was not a normal childhood, nor the normal pleasures of childhood - those were exchanged for hard work, struggle, and pain , and eventually material and professional success. But as an awful price, I cannot re-create that part of my life. However, today, when I create my music, I feel like an instrument of nature. I wonder what delight nature must feel when we open our hearts and express our God-given talents. The sound . . . of approval rolls across the universe, and the whole world abounds in magic. Wonder fills our hearts, for what we have glimpsed, for an instant, the playfulness of life. And that's why I love children and learn so much from being around them. I realise that many of our world's problems today - from the inner city crime, to large scale wars and terrorism, and our overcrowded prisons - are a result of the fact that children have had their childhood stolen from them. The magic, the wonder, the mystery, and the innocence of a child's heart, are the seeds of creativity that will heal the world. I really believe that. What, what we need to learn, what we need to learn from children isn't childish. Being with them connects us to the deeper wisdom of life which is everpresent, and only asks to be lived. They know the solutions that lie waiting to be recognised within our own hearts. Today, I would like to thank all the children of the world, including the sick and deprived . . . I am so sensitive to your pain. I also want to thank all those who have helped me to channel my talent here on earth. From the beginning, my parents, all my brothers and sisters, especially Janet. I am so proud of her, it's incredible. I mean, I remember when we were little, I used to ask her to be Ginger Rogers, while I was Fred Astaire..... The Motown family, my teacher Berry Gordy. Diana Ross, I love you. Suzanne De Pazze. The wonderful, great Quincy Jones. Teddy Riley. My new godson Michael Gibb. My new Sony family, Akio Morita, Mickey Schulhoff, Tommy Motola, Dave Glew, Polly Anthony . . . Thanks for making one of my most creative efforts, the album Dangerous, such an incredible success. I love you all so much. Sandy Gallin, Jim Morey. All the fantastic fans around the world - love you very much. [Michael receives more cheers from the audiece, as he and Janet leave the stage.]

http://www.tropis.org/imagext/090627-michael_jackson montagem reversa.jpg

2 comentários:

  1. Thanks for posting this.

    ResponderExcluir
  2. NUNCA HAVERÁ UM SER HUMANO E UM ARTISTA COMO MICHAEL JACKSON...
    LOVE YOU FOREVER, MJ
    REST IN PEACE

    SEMPRE VIVERÁ EM NOSSOS CORAÇÕES

    ResponderExcluir