Acredite nos que buscam a verdade... Duvide dos que encontraram! (A.Gide)

16 junho 2008

Fw: FÁCIL, RÁPIDO e URGENTE: uma significativa contribuição SUA aos Direitos Humanos

Você considera dignos de discriminação e perseguição
... artistas como Leonardo da Vinci e Michelangelo?

... compositores como Schumann, Ravel, Tchaicóvski, Saint-Saëns?
... filósofos como Sócrates e Wittgenstein?
... um economista defensor dos direitos sociais como Keynes?
... escritores como Fernando Pessoa, Shakespeare,
Mário de Andrade, García Lorca, Virginia Woolf?

Quer dizer: não é preciso que você mesmo se enquadre
em nenhuma das letras LGBT
(lésbicas, gays, bissexuais, transgêneros)
para entender que é uma violência inadmissível à dignidade humana geral discriminar e agredir a parcela da humanidade que, por sua natureza, se liga amorosamente a pessoas do mesmo sexo.

Desde a Independência (1822) o Brasil foi pioneiro em não ter nenhuma lei considerando crime nem a orientação nem os atos homossexuais. Mas por outro lado, também não teve nenhuma lei que defendesse essa parcela tão significativa da população do terrível preconceito e violência difusos na sociedade.

Agora está para ser votado no Senado um avançado Projeto de Lei Complementar que assume ativamente a proteção dessa parcela da população: o PLC 122/2006, o projeto da Lei Anti-Homofobia.

Acontece que Senado mantém uma linha telefônica gratuita ( 0800-61-2211 ) para coletar opiniões da população. E de dezembro a maio o Alô Senado ele recebeu 36 mil chamadas sobre o PLC 122/2006 - mas dessas 80% (oitenta por cento) foram contrárias.

Rejeição social geral? De jeito nenhum: mostrou-se que são grupos religiosos conservadores que vêm orientando seus seguidores a telefonarem e registrar seu parecer contrário. Talvez com boas intenções, mas profundamente equivocados.

E nós, cidadãos pensantes livres, vamos deixar que esses grupos se utilizem da liberdade que a sociedade lhes concede para destruir liberdades de outros?

Você não precisa se enquadrar na sigla LGBT, basta ser S de Solidári@, para colaborar ligando sem custos para 0800-61-2211 (de segunda a sexta até as 20 h), informar apenas seu CPF, e declarar "quero pedir aos senadores do meu Estado que votem a favor do PLC 122/2006".
E o mesmo vale para passar adiante esta mensagem.

Obs.: quanto ao equívoco que é os religiosos pensarem que devem ser contra a Lei Anti-Homofobia, se você quiser há um material útil à disposição em http://amorygual.tropis.org/manifest-pt.html : o Manifesto 'O Desafio dos Cristãos Homossexuais', de 1999.

ESCLARECIMENTO: esta mensagem está sendo enviada uma vez a à lista geral de amigos do Movimento Trópis. Se você tiver interesse em participar de uma lista da Trópis específica sobre temas LGBT - para troca de informações e idéias em amizade, respeito e confiança recíprocos - você pode solicitar sua inscrição mandando um e-mail sem texto e sem linha de assunto para amygnews-subscribe@googlegroups.com .

Nenhum comentário:

Postar um comentário