Acredite nos que buscam a verdade... Duvide dos que encontraram! (A.Gide)

20 outubro 2009

compartilhando alguns SONS QUERIDOS com amigos especiais

Caríssimos,
 
localizei algumas coisas que acho muito, muito preciosas, e compartilho os links para download com quem se interessar.
 
 
1. Considero este não só um dos melhores discos da história do jazz,
mas também um dos discos mais lindos DA HISTÓRIA, ponto.
 
E é o disco de estréia, aos 25 anos, de Eunice Kathleen Waymon, que havia começado a tocar com piano com 3 anos, e há alguns anos vinha sustentando os estudos tocando piano e cantando na noite sob o pseudônimo Nina Simone, pois a mãe, pastora metodista fundamentalista, não podia saber que ela andava fazendo "música do diabo".

Nina Simone (piano e voz) - Little Girl Blue (1958)
http://rapidshare.com/files/295295497/Nina_Simone_-_1958_Little_Girl_Blue.zip
Size:77348 KB
 
http://upload.wikimedia.org/wikipedia/en/1/11/Nina_simone_1969.jpg  http://upload.wikimedia.org/wikipedia/en/5/53/Ninasimonelittlegirlblue.jpg
Nina aos 36 anos (1969), alta militante dos direitos civis, e a capa do disco de 1958
 
 
2. Para quem pensa que música na África é só batucada, nada melhor que uma dose dupla da sutilíssima harpa clássica do Império do Máli e dos povos mandinkê em geral. Me sugere algo assim como uma música indiana com mais ginga, mas em nenhum momento menos fineza.

Toumani Diabaté (kora = harpa africana) - Mandé Variations (2008)
http://rapidshare.com/files/267058180/Toumani_Diabat__-_Mand__Variations_2008_.rar
Size: 87767 KB
 
Toumani Diabaté e Ballake Sissoko (kora = harpa africana) - New Ancient Strings (1999)
http://rapidshare.com/files/267058184/Toumani_Diabat__Ballake_Sissoko_-_New_Ancient_Strings__1999_.rar
Size: 79201 KB
 
http://www.tropis.org/imagext/toumanidiabate2c.jpg  http://www.tropis.org/imagext/toumanidiabate1c.jpg
Estas imagens de 2008 se encontram em tamanho original em
http://eyeshotjazz.files.wordpress.com/2008/11/toumanidiabate2.jpg?w=709&h=1000
 
3. Eu já conhecia bastante barroco e alguma renascença quando ouvi pela primeira vez as "Vespro della Beata Vergine" de Claudio Monteverdi, lá por 1975-76, mas levei um susto: essa música composta na exótica e semi-oriental Veneza de 1610 não se parecia com NADA do que eu já tivesse ouvido na vida. Parecia, e às vezes ainda me parece, música de algum outro planeta ou de alguma civilização perdida. As filigranas e arabescos de uns tipo de ornamentação vocal alucinada que nunca ouvi em outro lugar, as cores e texturas da instrumentação, ora douradas, ora amadeiradas, ora de veludo escuro... Ah, sei lá, como traduzir essas coisas em palavras? Quem se sentir curioso arrisque - talvez nao escute nada disso que eu escuto, mas se escutar saberei que no mundo tem pelo menos mas um doido do meu tipo... rsrs
 
Claudio Monteverdi: "Vésperas de 1610" com regente Paul McCreesh - CD1
http://rapidshare.com/files/266042385/Monteverdi_Vesperae_-_Paul_McCreesh_-_CD1.rar
Size: 91753 KB
 
Claudio Monteverdi: "Vésperas de 1610" com regente Paul McCreesh - CD2
http://rapidshare.com/files/266403823/Monteverdi_Vesperae_-_Paul_McCreesh_-_CD2.rar
Size: 101383 KB
 
http://www.tropis.org/imagext/claudio_monteverdi1.jpg http://www.tropis.org/imagext/claudio_monteverdi2b.jpg
 
Abraços gerais,
Zé Ralf
 
.......................................................................
Ralf Rickli • arte em idéias, palavras & educação
http://ralf.r.tropis.org • 11 8552-4506

Nenhum comentário:

Postar um comentário