Acredite nos que buscam a verdade... Duvide dos que encontraram! (A.Gide)

02 março 2010

africanos já faziam arte há 65 mil anos

Acho absolutamente injustificado o uso das aspas na palavra "arte", no texto abaixo - mas vale a essência da informação! (Ralf)
 

01/03/2010

Ninho de criatividade

Dê uma boa olhada nos fragmentos coloridos acima. Não é preciso ser um conhecedor de arte abstrata para detectar o que poderíamos chamar de "estilo" -- um padrão de linguagem visual, em suma --, ainda que a gente seja incapaz de precisar exatamente de onde vem a sensação. A conclusão é inescapável: africanos de 60 mil anos atrás já estavam fazendo "arte".

A matéria-prima, aliás, não podia ser mais africana: ovos de avestruz, conforme explica a equipe liderada por Pierre-Jean Texier, da Universidade de Bordeaux, em artigo na edição on-line da revista científica "PNAS".

Os pesquisadores acharam os cacos dos ovos durante escavações no abrigo rochoso de Diepkloof, na África do Sul. Análises dos padrões geométricos indicam um estilo típico que se manteve, com uma ou outra mudança, entre 65 mil e 55 mil anos atrás.

Os caçadores-coletores de hoje costumam usar ovos de avestruz como garrafas d'água portáteis, e essa mesma função parece ter sido desempenhada pelos ovos na Idade da Pedra africana, porque há sinais da abertura cuidadosa de furos em certos fragmentos estudados pela equipe de Texier.

Ao mesmo tempo, porém, adornos nesses contêineres serviriam para indicar a identidade cultural do portador -- sua tribo, por exemplo --, e é para isso que as gravações eram feitas nos ovos, aposta a equipe de pesquisadores.

Escrito por Reinaldo José Lopes às 20h43

Nenhum comentário:

Postar um comentário