Acredite nos que buscam a verdade... Duvide dos que encontraram! (A.Gide)

06 junho 2013

O "ESCÂNDALO" DO CENTRO DE DIFUSÃO DO COMUNISMO EM UNIVERSIDADE PÚBLICA BRASILEIRA - você já recebeu?

.
Esses dias recebi uma "denúncia" de que haveria uma iniciativa chamada Centro de Difusão do Comunismo numa universidade pública brasileira. "Vejam as provas!!", dizia o email em tom de escândalo, ao apresentar uma série de fotos.

Mas como "denunciar" o que não está escondido, o que é publicamente assumido com toda transparência? 

Fiz busca no Google e de fato encontrei algum material do programa - inclusive aqui no face. Não me aprofundei na leitura, então não sei dizer em que medida compartilho (ou não) das perspectivas desse grupo específico - mas mesmo que não compartilhe, não vejo razão para escândalo nenhum. 

Na "denúncia" encontro as palavras: "o que o governo do PT ensina, usando nossos impostos: IDEOLOGIA PURA!" Kkkkkkkkkkkk - SE FOSSE o governo do PT quem responde por isso - justo ele que as esquerdas mais puristas não param de acusar de vendido ao capital! Parece que ser PT é levar pedra de todos os lados, não tem jeito!

Talvez esse pessoal nem saiba o que é um projeto de extensão - coisa que pode ser bastante autônoma em relação à orientação predominante em uma universidade. Temos aí um raro projeto de extensão de "esquerda explícita" - mas quem pensa que, por outro lado, uma universidade pública iria negar aprovação e verba para um projeto de extensão de difusão do empreendedorismo, p.ex.? Ou de tantas outras perspectivas em Direito, Filosofia, Economia, etc., que podem ser chamadas de BURGUESAS? 

E principalmente: será que esses escandalizados nem sabem que acabou, há muito, o tempo de proibição da palavra e do tema "comunismo" no Brasil?

Proibição, aliás, que era um baita mico... Na cidade em que morei na Alemanha - parte de uma região industrial capitalista que ficou sob supervisão militar estadunidense, depois da segunda guerra - uma das principais avenidas se chamava Karl Marx. Pareceu absolutamente justificado, àquela municipalidade, homenagear esse pensador que ficou em primeiro lugar numa enquete que perguntava "Quem você considera o maior filósofo da história?", realizada nessa mesma Alemanha capitalista - sem que isso (feliz ou infelizmente) representasse nenhuma instabilidade social.

O que realmente me parece preocupante: minha busca com o termo exato (entre aspas) encontrou 22.900 resultados - e até onde tive paciência de ver, apenas as 2 páginas oficiais do grupo eram favoráveis, todas as outras compartilhavam o tom de denúncia. 

Verdade que não dá pra ter certeza que esses números são reais, pois as denúncias todas reproduzem claramente uma mesma fonte - e isso costuma ser sinal que existe central de trolls por trás, muitas vezes com produção artificial de altos números para o Google.

Mas mais notável é que esses denunciadores todos mostram ser da mesma horda que ultimamente vive clamando por... LIBERDADE DE EXPRESSÃO!  Mas que liberdade de expressão será essa, que proíbe expor uma das principais correntes políticas e intelectuais da História?

Sim, eu já sei: vão gritar que "sob o comunismo não havia liberdade de expressão", invocando os tempos de Stálin, e outros momentos em que governos opressivos alegaram ser comunistas. 

Mas por esse mesmíssimo critério teríamos que denunciar e pedir a proibição da divulgação *do cristianismo*, justamente! 

Pois os tempos em que o cristianismo cerceou as liberdades de opinião e de expressão, inclusive punindo-as com a fogueira alguns milhões de vezes - correspondem a muitas vezes os tempo em que o comunismo cerceou. 

Lembrem-se, só para ter uma sensação, que uma das acusações que levaram o dramaturgo brasileiro António José da Silva à fogueira, em Lisboa, foi a de que ele teria sido ouvido "rezando salmos de Davi sem acrescentar 'glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo' no final", *provando* com isso que havia só fingido se converter ao cristianismo, mas secretamente permanecia judeu. E, portanto, merecia morrer.

Mas o cristianismo é digno de todo respeito e tolerância apesar dessas coisas - e o comunismo, faça o que fizer, será sempre digno de HORROR, por toda a eternidade. Talvez - pasmem! - quase quase tanto quanto os gays!

Nenhum comentário:

Postar um comentário